in , ,

Mofo, ratos e medicamentos fatais: A interdição urgente da ANVISA contra restaurantes e 7 farmácias de uma vez

Agência Nacional de Vigilância Sanitária faz fiscalização e bloqueia estabelecimentos por problemas de higiene

A Vigilância Sanitária é o órgão responsável por fiscalizar, bloquear e intervir nos produtos ruins antes dele chegar no consumidor, mas, quem determina as leis e organiza as regulamentações é a ANVISA.

Dito isso, a Anvisa foi em busca de conseguir interditar alguns estabelecimentos que estavam com mofo, pelo de ratos e medicamentos fatais.

Hoje nós vamos abordar sobre esses estabelecimentos que a Anvisa tratou de impedir que vendesse esses produtos proibidos para o consumo do público.

QUAIS ESTABELECIMENTOS A ANVISA INTERDITOU?

Segundo informações do G1, em outubro do ano passado, uma pastelaria no Graciliano Ramos, em Maceió, foi autuada durante fiscalização da Vigilância Sanitária por falta de higiene e por venda de alimentos estragados e fora do prazo de validade.

A fiscalização flagrou os produtos sendo armazenados em uma geladeira completamente suja. O local apresentava muita sujeira e alguns alimentos estavam mofados.

E os ratos?

De acordo com informações da Prefeitura de Maceió, a Anvisa interditou mais uma lanchonete que apresentava precárias condições de higiene na oferta de alimentos à população.

Ao fiscalizar o estabelecimento, localizado no Graciliano Ramos, as equipes da Visa Maceió encontraram um ambiente insalubre, com a presença de ratos e baratas e alimentos com o prazo de validade expirado.

“O estabelecimento estava em total desacordo com a legislação sanitária em vários aspectos. Como se não bastasse a quantidade de produtos estragados encontrados, havia a circulação de animais (cachorro e pássaro) na área de manipulação de alimentos e um recipiente com veneno para roedores exposto também próximo a eles. Um verdadeiro desrespeito com o consumidor”, ressalta o chefe especial da Visa Maceió, Airton Santos.

O estabelecimento possuía ainda equipamentos e utensílios fora dos padrões sanitários, apresentava mofo nas paredes e teto, e refrigeração e armazenamento inadequados.

A lanchonete foi autuada e deverá responder a processo administrativo, cuja penalidade inclui multa no valor de R$ 180,00 a R$ 38 mil.

Quais farmácias foram fechadas?

De acordo com informações do portal R7, fiscalização da Vigilância Sanitária interditou uma farmácia de manipulação em São Caetano do Sul, na Grande São Paulo, onde foi encontrado cerca de 1 milhão de frascos e ampolas estéreis com “diversas associações medicamentosas”.

Em nota, a Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) afirma que essa ação faz parte de uma intensificação das inspeções nesse tipo de estabelecimento em todo o país, que incluíram até o momento, além de São Paulo, os estados da Bahia e Santa Catarina, de dez locais visitados, sete foram fechados.

Dentre os produtos vendidos irregularmente, estavam “emagrecedores, hormônios esteroides, redutores de medidas corpóreas e preenchedores estéticos“, diz o órgão.

The post Mofo, ratos e medicamentos fatais: A interdição urgente da ANVISA contra restaurantes e 7 farmácias de uma vez appeared first on TV Foco.

Fim das manchas no rosto em 10 minutos: Misturinha secreta e caseira rejuvenesce 30 anos com 8 ingredientes

Data de pagamento do 13º salário e abono confirmado em 2024: 2 grandes VITÓRIAS chegam aos trabalhadores CLT