in , ,

Descanse em paz e 3 tristes falências: Loja amada dos shoppings, montadora de carro e marca de roupa famosa

Desde a queridinha apaixonada pelos shoppings aos alucinados por carros foram afetados: Grandes empresas tiveram falência decretada

O chão da indústria desapareceu sob o peso de uma pandemia que causou grande queda nas vendas e levou empresas à falência. Hoje vamos falar de 3 grandes queridas que tiveram o mesmo fim.

Famosa rede de lojas informou que encerrou a operação de seis unidades em 2023, “em linha com o seu plano de reestruturação”. Entre 1º de março e 3 de abril, foram fechadas as seguintes lojas: Aracajú Parque Shopping (SE), Loja do Manaíra Shopping (João Pessoa / PB), Loja do Shopping Patteo Olinda (PE), Iguatemi Esplanada (Sorocaba / SP); Praia de Belas Shopping (Porto Alegre / RS) e Iguatemi Porto Alegre (RS).

Segundo um comunicado, o fechamento está relacionado à priorização das unidades com maior rentabilidade. Os fatos implicam uma redução de cerca de 18% do total de lojas da Saraiva.

Anteriormente, a empresa também divulgou os resultados dos últimos meses do ano de 2022: um prejuízo líquido de R$ 15,2 milhões em relação ao mesmo período do ano anterior. O Ebitda (Lucros antes de juros, impostos, depreciação e amortização) foi de R$ 12,7 milhões negativo no trimestre, e R$ 42,4 negativo no ano.

Saraiva teve a sua falência em outubro deste ano (Reprodução: Internet)
Saraiva teve a sua falência em outubro deste ano (Reprodução: Internet)

O último ano “tranquilo” da Saraiva foi 2012, quando a companhia registrou lucro líquido de R$ 78 milhões. Em 2013, o lucro líquido ficou em apenas R$ 13 milhões, mas ainda parecia que tudo estava bem. Afinal, o grupo havia inaugurado lojas, investido em um novo centro logístico e comprado a Editora Érica naquele ano.

O tradicional chegou ao fim

A marca de roupas mais antiga dos EUA, ainda em operação, entrou com pedido de falência, após anos de queda nas vendas, e depois de ser ainda mais prejudicada com crises do coronavírus.
Fundada em 1818, a histórica empresa sediada em Nova Iorque, entrou com um pedido de proteção contra falência num tribunal estadual de Delaware. Brooks Brothers junta-se a uma longa lista de grandes retalhistas que foram forçados a fazer o mesmo como resultado da pandemia. Nomeadamente a cadeia de lojas de departamento JC Penney e a marca de moda J.Crew.
Interior de uma loja Brooks Brothers (Foto: Reprodução, InforMoney)
Interior de uma loja Brooks Brothers (Foto: Reprodução, InforMoney)
Estamos falando da marca de roupas Brooks Brothers. Segundo uma fonte citada pelo The Wall Street Journal, a Brooks Brothers planeia usar o processo de falência para tentar encontrar um comprador.
Além disso, a Brooks Brothers foi bastante afetada pela pandemia de COVID-19.

Promessa da tecnologia

Mais de três anos depois de ingressar com o pedido de recuperação judicial, a empresa de micromobilidade Grow, dona de vários dos patins elétricos que eram vistos pelas capitais brasileiras no final dos anos 2010, teve a falência decretada pela Justiça. A companhia, nascida da fusão entre a brasileira Yellow e a mexicana Grin, afirmou à Justiça que, “por circunstâncias alheias à sua vontade, não pôde  honrar com o cumprimento do plano e que não há expectativas de soerguimento da atividade”. 

Grow tem falência decretada (Foto: Reprodução, Olhar Digital)
Grow tem falência decretada (Foto: Reprodução, Olhar Digital)

Contudo, com a falência da empresa de patinetes e bicicletas elétricas, os credores passam a ter seus direitos e garantias reconstituídos nas condições originais. Além disso, devem ser deduzidos os valores pagos.

Para que as dívidas da falência sejam quitadas, o administrador judicial terá o prazo de 180 dias para realizar a venda dos bens da Grow.

The post Descanse em paz e 3 tristes falências: Loja amada dos shoppings, montadora de carro e marca de roupa famosa appeared first on TV Foco.

O choro de Datena na Band após perder o chão com situação e desabafo ao vivo: “Por mim, eu largava tudo”

Telefone tocou e Tite está desesperado: O anúncio de saída de 2 craques queridinhos do Flamengo em 2023